InstituiçãoNotícias

Recital de Flauta e Piano – 19/Mar/2017 – 16h30 – Auditório EAB

No domingo, 19 de março de 2017, pelas 16h30 acontecerá mais um concerto dominical, que a EAB tem organizado mensalmente.

Desta vez traremos ao auditório da EAB um duo com Flauta Transversal e Piano, por Mafalda Carvalho e Filipa Cardoso.

Não perca, domingo, dia 19, às 16h30 na Escola de Artes da Bairrada, Mafalda Carvalho com Filipa Cardoso. A entrada é livre, esperamos por si!

Programa do recital

“Sicilienne et Burlesque” – Alfredo Casella

 “Grand Polonaise op. 16” – Theobald Boehm

 “Agrestide op.44” – Eugène Bozza

 “Ballade pour Flûte et Piano” – Franck Martin

Notas Biográficas

Mafalda Carvalho nasceu a 11 de Julho de 1991 no Troviscal. É flautista e professora de flauta transversal. Foi-lhe conferido pela Universidade de Aveiro o Grau de Mestre em Ensino de Música, na classe de Jorge Salgado Correia e pela Escola Superior e Música, Artes do Espetáculo (ESMAE) o Grau de Mestre em Interpretação Artística em Flauta Transversal da classe de Ana Raquel Lima. Estudos prévios incluem a Licenciatura na ESMAE e o oitavo grau do Conservatório de Música de Aveiro Calouste Gulbenkian que concluiu com a mais elevada classificação.

Mafalda Carvalho iniciou os seus estudos musicais aos seis anos na escola de Música da União Filarmónica do Troviscal e ingressou no Conservatório de Música de Aveiro Calouste Gulbenkian em 2000 tendo como docentes de flauta Florbela Gonçalves, José Abreu e Ana Maria Ribeiro. Participou em várias masterclasses, e integrou diversas orquestras de sopros. Em orquestras juvenis participou como membro da Orquestra de Jovens de Portugal – Momentum Perpetuum e em diversos estágios da Orquestra de Jovens dos Conservatórios Oficiais de Música, para além da Orquestra de Jovens da Sinfónica da Galiza e do Estágio Gulbenkian para Orquestra. Na sua formação em música contemporânea conta com a participação na I Academia de Verão do Remix Ensemble e foi membro do Ensemble Contemporâneo do Porto. Dos prémios que recebeu destacam-se o Primeiro lugar no Prémio Jovens Músicos de 2016, no nível superior, o Segundo lugar o Prémio de Interpretação Frederico de Freitas também em 2016, o Prémio Honorífico David Russel para Jovens Talentos em Vigo no ano de 2008, o Primeiro lugar no concurso de La-salette- Oliveira de Azeméis em 2010, Primeiro lugar no concurso Paços Premium 2010 e Terceiro lugar no Prémio Jovens Músicos, nível superior em 2010, Primeiro lugar Concurso Albertino Lucas – Fafe em 2010 e Menção Honrosa no Prémio Helena Sá e Costa em 2011, Segundo lugar no I Concurso Internacional Terras de La- Salette em Abril de 2012, Primeiro lugar no Concurso Internacional Terras de La-Salette em Abril de 2013. Prémio atribuído pelo Rotary Club Veloso &Troca, Lda por ter sido uma dos três melhores alunos da ESMAE no ano letivo de 2011/2012, para além de prémios com os seus grupos de música de câmara. Enquanto docente, deu aulas na Escola de Música da União Filarmónica do Troviscal, realizou substituições na Academia de Música de Paços de Brandão e na Escola Profissional de Arte de Mirandela e foi professora na Escola de Música de Perosinho nos anos letivos de 2014/2015 e 2015/2016. Enquanto músico de orquestra foi flautista da Fundação Orquestra Estúdio – Guimarães 2012, Capital Europeia da Cultura, colaborou com a Orquestra Filarmonia das Beiras, Orquestra Clássica da Madeira, Orquestra Gulbenkian e Orquestra Sinfónica da Galiza (com a qual realizou uma digressão a Abu Dhabi em Janeiro de 2016). Como solista tocou com a Orquestra Clássica da Madeira, com a Orquestra Sinfonieta da ESMAE e com a Orquestra Metropolitana de Lisboa na final do Concurso “Jovens flautistas 2012”. É membro do Trio Densité (flauta, clarinete e piano), do Trio Cadenza (flauta, violoncelo e piano) e do Ensemble de Flautas Éolia. Ganhou recentemente a audição para 1º Flauta da Orquestra Clássica da Madeira, que integra desde Setembro de de 2016.

Filipa Cardoso nasceu em 1986, em Viseu. Estudou piano com Jorge Martins, Pedro Ferro e Regina Castro nos Conservatórios de Música de Viseu e Aveiro. Foi laureada no V Concurso Lopes-Graça (2010), no Concurso de Piano da Guarda (2009) e no Concurso de Jovens Intérpretes das Caldas da Rainha (2010). Em 2010 concluiu a Licenciatura em Ensino de Música na Universidade de Aveiro, na classe de Fausto Neves, e em 2012 o Mestrado em Música na mesma instituição. Ao abrigo do programa Erasmus, frequentou a Academia de Música Franz Liszt, na classe de Lázlo Baranyay. Frequentou cursos de técnica e interpretação pianística com Orazio Maione, Constantin Sandu, Marian Rybicki, Jaime Mota, Sergei Kovalenco, Rudolfo Rubino, Josep Colom, Pedro Burmester, Margarida Prates e Álvaro Teixeira Lopes, entre outros. Colaborou com orquestras sinfónicas e de sopros, sob a direcção de Lorenzo Della Fonte, Luís Carvalho, Ernst Schelle, Luís Clemente, etc. Integrou, entre 2011 e 2014, o Trio Ímpar, em conjunto com a violinista Sofia Leandro e o saxofonista André Correia. Em 2007 e 2009 gravou com o flautista Samuel Couto para a Antena 2, em 2015 com o saxofonista Henrique Portovedo e em 2017 com a flautista Mafalda Carvalho.

Actualmente exerce funções docentes e de pianista acompanhadora no Conservatório de Música de Aveiro Calouste Gulbenkian e na Escola de Artes da Bairrada. É também para esta função que é frequentemente solicitada para colaborar em recitais, concursos, gravações e outros eventos.