destaquesNotíciasUncategorized

Concertos de Natal 2015 – Como foi!

Posted

concerto natal 2015 foi sliderFoi no Quartel das Artes Dr. Alípio Sol em Oliveira do Bairro. Sala para mais de 4 centenas de pessoas, encheu duas vezes na mesma tarde. O espetáculo teve 3 atos. Começou com os mais pequeninos, 3 canções e um pequeno momento de teatro musical. No segundo ato, as classes de canto e dança encantaram, ajudadas por flautas e percussão, junto ao público, na plateia e no proscénio. Entretanto, atrás da cortina instalavam-se mais de centena e meia de intérpretes para o 3.º ato: Orquestra, 4 coros e solistas. Tudo isto em pouco mais de uma hora de arte natalícia.

Um espetáculo destas dimensões é um grande puzzle, onde alguém desenha as peças, depois paulatinamente outros as vão lapidando ao longo de aulas e ensaios. Só dois ou três têm uma ideia do resultado final, pois não se parte de uma imagem, mas de sons e movimentos que depois são plasmados em partituras e esquemas. Finalmente, num ensaio antes do concerto, unem-se as peças e tudo começa a ganhar sentido.

É preciso confiança, organização, espírito de colaboração e vontade.

É preciso fazer e organizar partituras, agendar com a sala de espetáculos, listar os meios técnicos necessários e equipamentos, marcar ensaios gerais, agendar salas para ensaios, avisar encarregados de educação e alunos, arranjar pessoal para monitorizar os alunos nos momentos mortos, manter os bastidores transitáveis e seguros, dividir e monitorizar os camarins, tratar da bilheteira, do lanche, das águas, do transporte de instrumentos, das folhas de sala, da publicitação.

É preciso coordenar tudo isto com a atividade normal de uma escola artística oficial e as outras atividades escolares dos alunos, ambas em plena época de avaliações.

É precisa a colaboração de muitos dos professores e as 4 funcionárias não docentes da EAB, é precisa a ajuda da direção.

Na verdade não é preciso fazer estes espetáculos, porque a nossa missão escolar estaria cumprida dando aulas e avaliando alunos no conforto das salas da EAB. Mas sabemos que em cada espetáculo destes há uma mão cheia de memórias que ficarão com quem pisa o palco para o resto da vida. Sabemos porque já lá estivemos e continuamos a estar. Assim se aprende a ser, a fazer e a partilhar.

Este Concerto de Natal foi preparado em cerca de um mês, porque o início do ano letivo foi atribulado, com muito nevoeiro vindo dos lados do Ministério da Educação a obscurecer o caminho das escolas do ensino artístico especializado. O nevoeiro mantém-se mas já se vislumbram algumas promessas, ainda incumpridas.

Procuraremos manter as vontades e pisar os palcos, onde esperamos por si!

Gratos ao público, encarregados de educação, alunos, professores, funcionários e direção da EAB. Gratos também ao Quartel das Artes e à Câmara Municipal de Oliveira do Bairro.